Sarampo

Sarampo

19 de fevereiro de 2020
por Amanda Ribeiro -
Colégio Recanto - Rio de Janeiro, RJ


A Secretaria Municipal de Saúde realiza a campanha de vacinação contra o sarampo com o objetivo de ampliar a barreira de proteção contra a doença.

A recomendação é que todas as pessoas de 6 meses de idade a 59 anos compareçam a um posto de vacinação mesmo que já tenham sido vacinadas contra a doença.

Aqueles que não têm ou perderam a caderneta também devem comparecer aos postos para avaliação profissional.

O sarampo é causado por um vírus da família paramyxorividae e é normalmente transmitido por meio de contato direto e pelo ar. O vírus infecta o trato respiratório e se espalha por todo o corpo.

Quem deve tomar a vacina?

Todas as pessoas que não tiverem a certeza de que tomaram as duas doses na infância. As crianças que não foram imunizadas ainda podem receber a vacina. Somente em 2019, foram aplicadas 309.395 doses da tríplice viral (que atua contra sarampo, caxumba e rubéola). Para interromper a circulação viral e controlar a doença, a ideia é intensificar a cobertura vacinal e atingir a meta de imunização de 95% da população.

Contraindicações:

  As contraindicações à administração da vacina contra o sarampo são: indivíduos com histórico de hipersensibilidade grave conhecida a algum componente da vacina (anafilaxia), imunodeficiência e gestantes.


Compartilhe:
Facebook Tweet